Rock’N’Roll | Gávea Filmes

Rock’N’Roll

Ano: 2009

Produção: Gávea Filmes

Direção: Felipe Vidal e Tato Consorti

Premiado e festejado internacionalmente como um dos maiores dramaturgos vivos, Tom Stoppard ganhou a primeira montagem no Brasil, com sucesso absoluto de público e crítica

O espetáculo não é um musical, mas se vale do rock’n’roll como ferramenta indispensável para contar uma história sobre a desestruturação do comunismo no leste europeu. Concebida pelo próprio Stoppard, a trilha desfila clássicos de Rolling Stones, Velvet Underground, Beatles, John Lennon, Bob Dylan, Syd Barrett, Doors, Pink Floyd, Beach Boys, Guns’n’Roses, Grateful Dead, U2, além da banda The Plastic People of the Universe, grupo de rock que surgiu em Praga em 1968, e acabou se tornando um símbolo da resistência ao regime comunista.

The Plastic People of the Universe foi criada pouco depois da entrada dos tanques soviéticos, em agosto de 1968, para esmagar o movimento de abertura política que ficaria conhecido como Primavera de Praga. Os músicos da banda não tinham atividade política, mas seriam alvo da repressão vivida nos anos seguintes.

Rock’n’Roll se passa entre os anos de 1968 e 1990, sob uma dupla perspectiva: em Praga, na república Tcheca, onde uma banda de Rock (The Plastic People of the Universe) aparece para simbolizar a resistência ao regime autoritário comunista; e em Cambridge, na Inglaterra, onde as questões do amor e da morte definem as vidas de três gerações da família de um filósofo marxista.

A história gira em torno de Max (Otavio Augusto), um professor ferrenhamente marxista que goza da liberdade acadêmica na Universidade de Cambridge, e Jan (Thiago Fragoso), um estudante tcheco do qual Max é mentor por um breve período.

A paixão de Jan: Rock’n’Roll. A paixão de Max: Marx.

A mulher de Max, Eleanor (Gisele Fróes), está morrendo de câncer, e se desespera por sentir que perdeu a paixão do marido, desde que seu corpo foi mutilado.

A filha de Max e Eleanor, Esme (Bianca Comparato na fase jovem), é uma hippie que nunca saiu dos anos 60. A paixão de Esme (Gisele Fróes na fase adulta) e de sua filha, Alice (Bianca Comparato), é Syd Barrett, um dos fundadores do Pink Floyd – na peça, o músico é vizinho de Max.

 

FICHA TÉCNICA

Texto: Tom Stoppard

Tradução: Felipe Vidal

Direção: Felipe Vidal e Tato Consorti

Elenco: Otávio Augusto, Thiago Fragoso, Gisele Fróes, Bianca Comparato, Adriano Saboya, Carol Condé, Christian Landi, José Karini, Luciana Borghi, Mariana Vaz

Cenário: Sergio Marimba

Figurinos: Nello Marrese

Iluminação: Tomás Ribas

Visagismo: Juliana Mendes Mendonça

Vídeos: Pavê Gastronomia Visual

Direção de movimento: Marcia Rubin

Direção de produção: Bianca de Felippes

Produção Local: Gerardo Franco

Produção: Gávea Filmes

Realização: Sesc SP

 

AGENDA

RJ – Teatro Villa Lobos – De 1/05 a 26/07/2009

SP – Sesc Pinheiros, Teatro Paulo Autran – De 25/09 à 18/10/2009